17 de junho de 2014

Portugal vs Alemanha: #SomosTodosTreinadores



Então parece que Portugal levou na pá forte e feio da Alemanha? 4-0 no buxo que doeram mais que muitas das medidas da troika. O pior de tudo foi ver a Senhora Merkl a festejar sem ninguém lhe enfiar um par de chapadas com as costas das mãos até lhe saltar a peruca.

Foi um bom jogo para quem é fã de sado-masoquismo. Já vi raparigas acabarem gravações de filmes marotos e não terem sido tão sodomizadas como foi a nossa selecção. E é curioso que muitos desses filmes eram alemães. Como somos todos treinadores e comentadores aqui fica a minha análise individual aos nossos jogadores:

Rui Patrício - Ia dando um brinde logo no início que se tivesse dado golo não tínhamos perdido por tanto que ficavam logo em sentido. Nunca se sabe. Fora isso só esteve mal no último golo mas depois da defesa deixar passar tudo... Já ele tinha salvo um golo antes. Não foi por ele que fomos encavados.
Coentrão - Pena a lesão e não foi dos piores.
Pepe - Foi o Militão de ontem. Enterrou-nos bem fundo, especialmente porque nos próximos jogos vai jogar o Ricardo Costa.
Bruno Alves - Quando devia ser o brutamontes que nos habituou é que lhe dá para ser uma bailarina.
João Pereira - Perdeu mais bolas que a filha do Nené.
Miguel Veloso - Nem se deu por ele, o que podia não ser mau... mas foi.
Moutinho - Jogou a 10% do que sabe se é que não se esqueceu já.
Meireles - Correu muito mas sempre atrás do prejuízo. Construir jogo está quieto ó preto. Onde esteve melhor foi a cantar o hino.
Nani - Podia ter marcado um golão mas fora isso, foi a desgraça que nos tem habituado nos últimos anos. Para mim sentava no banco que é para aprender que isto não é o Circo Chen.
Hugo AlmeidaO único ponto positivo disto tudo foi o facto de se ter lesionado.
Ronaldo - Fez o que podia. Olhar para o lado e ver a quantidade de cepos que tem como colegas deve ser desmotivante.

André Almeida - Quem? Entrou a tempo para abrir um buraco ainda maior da defesa.
Éder - Tendo em conta o resto não jogou mal.
Ricardo Costa - Até o Carriço é melhor, ao menos deixa os adversários confusos com beijos na boca.

E pronto foi esta miséria. Agora com os Estados Unidos sugiro a seguinte táctica, em vez do 4-5-0 com Hugo Almeida a ponta de lança que utilizámos neste jogo: Miguel Veloso a defesa esquerdo, Ricardo Costa (à falta de melhor) a central, William a trinco (com William não tínhamos levado metade dos golos), Varela no lugar do Nani e Postiga no lugar do Hugo Almeida. Ainda era menino para sentar o Moutinho para ele aprender e meter o Rúben Amorim.

Vá, vamos lá espetar 3 ou 4 batatas nos Estados Unidos que eles merecem.

P.S. - O Cristiano costuma dizer "eu estou aqui", hoje só lhe devia passar pela cabeça "porque é que eu estou aqui?".





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: