1 de maio de 2018

Fazer de difícil ou ir directo ao assunto?



O Doutor G não fez gazeta no Dia do Trabalhador, apesar do atraso, e está de volta para esta que é a última edição antes de uma paragem por tempo indeterminado. Procedamos, então, a mais uma consulta javarda, mas com classe do "Doutor G explica como se faz".


Caríssimo Doutor G, quão errado é tentar algo com raparigas com namorado Vale a pena o esforço ou mais vale procurar uma gaiata que não tenha parceiro?
Pedro, 22, Coimbra

Doutor G: Caro Pedro, vou responder à tua questão através de um fluxograma:

Excelentissimo Dr. G, escrevo-lhe pela terceira vez pois parece que nunca aprendo. Fez agora um ano que falo com um rapaz que conheci no Tinder, durante este ano fomos tomar café algumas vezes. Tivemos juntos e conversa aqui, conversa ali, o rapaz lá me beijou (apenas). O problema aqui é que acho que comecei a confundir as coisas, quando pensei que seria algo casual percebi que tenho sentimentos por ele. Falamos sobre o assunto e ele disse que tinha gostado, então lá marquei estar com ele novamente para ter a certeza do que sentia e depois de umas horas à conversa não acontece nada, nem um beijinho de despedida, confesso que fiquei desiludida. Ora, como não tive coragem de lhe dizer nada pessoalmente, dei-lhe a entender por mensagens que não via interesse da parte dele suficiente e que devíamos cortar ligações de vez, ao que o rapaz me diz que não faz sentido e que não era verdade. Neste momento continuamos a falar e eu estou cada vez a gostar mais dele. Terá medo de ter algo sério? Será que tem outra e me está a manter no banco de suplentes?
Raquel, 22, Porto

Doutor G: Cara Raquel, uma coisa é usar os serviços gratuitos do Doutor G para uma consulta, estilo treino de borla nos ginásios, outra coisa é abusar e achar que o Doutor G é a Madre Teresa do Funaná. Espero que, pelo menos, tenhas comprado o livro do Doutor G - à venda neste link com 10% de desconto e portes grátis - para retribuir a minha boa vontade. Quanto à tua dúvida, vou deixar alguns reparos:

  • Ele beijou-te da primeira vez. Agora, se queres beija-o tu.
  • Se dizes que queres cortar ligações e depois não cortas, dás ar de quem só estava a jogar essa cartada como pressão psicológica e ficas mal na fotografia.
  • Se ele diz que está interessado e não te tentou levar para a cama, é porque pode estar mesmo interessado em algo mais sério.
  • Sim, pode ter outra e estar-te a manter no banco de suplentes, mas, nesse caso, faria os possíveis para te meter a fazer alongamentos de virilha.
  • Pode ser só um panhonha choninhas.
Seja como for, se estás interessada, convida-o para sair e não esperes que seja ele a tomar a iniciativa. Isto de ficar à espera que sejam sempre os outros e depois quando não acontece ficar-se desiludido, é palermice.


A minha ex ofereceu-me uma 3way com a colega de quarto (a qual aceitou com uma velocidade exorbitante), mas ela tem namorado e com quem até já falei e eu prefiro não o fazer porque sinto que não seria certo, alguma sugestão? Já agora, qual é o melhor lubrificante para anal? A última vez usámos um óleo que devia era ser de avião e não correu bem. 
G.S., 24, Aveiro

Doutor G: Caro G.S., pensa no seguinte: o que persistirá mais na memória, tendo em conta a relatividade cósmica? A tua recordação de duas patarecas no mesmo campo de visão, ou o namoro dela com o outro? No leito da tua morte, irás lembrar-te da vez que tocaste um solo em dois tambores de chicha com apenas uma baqueta, enquanto que, dificilmente, ela se irá lembrar de um namorado da sua juventude com o qual, pelos vistos, não pretende ser fiel e ter uma relação duradoura. Dito isto, se tens algum tipo de relação com ele, mesmo que apenas circunstancial, e não tens nada contra ele, acho que seria de bom tom rejeitar a oferta da tua namorada. Se ela quer uma 3way arranjará outra para o efeito; depois, ficarás bem com a tua consciência que parece estar pesada com essa perspectiva. Sugere-lhes uma espécie de estágio em que elas se enrolam e tu ficas apenas a ver e logo vês como te sentes. Se o namorado descobrir, podes sempre dizer que estavas apenas a fazer o controlo de qualidade segundo as normais impostas pela ASAE. Quanto à última pergunta, o melhor lubrificante para anal é expectoração de tuberculosos. Infelizmente, é difícil de arranjar nos dias de hoje, pelo que sugiro vaselina, caso seja sem preservativo, ou um qualquer lubrificante à base de água, caso seja com gabardina de pila, que é para não corroer o plástico.


Caro Doutor G, a partir de quantos convites para sair se deve desistir de uma rapariga? Ao terceiro, primeiro? Gostava de saber a sua opinião.
Anónimo, 24, Aveiro


Doutor G: Caro Anónimo, cada caso é um caso, mas vou tentar elucidar-te com este fluxograma:
O que é que isto quer dizer? Quer dizer que se ela rejeitou porque estava só a fazer-se de difícil e até está interessada, não voltares a convidar vai aumentar o interesse dela. Se ela estiver só um bocado interessada, pode ser que com a insistência consigas convencê-la, mas se ela não está minimamente interessada e/ou fores muito mais feio do que ela, vais passar por desesperado e, nos dias de hoje, podes ser acusado de assédio.


Olá Dr G! Antes de mais queria dizer que todas as terças feiras espero ansiosamente pela rubrica que não pode acabar por nada. Tenho um fuck buddy e até ai tudo bem. Sempre fomos muito amigos e sempre se notou assim uma certa química entre nós mas nunca tinha rolado nada. Entretanto nem ele nem eu estamos numa de namorar devido a cenas da vida e resolvemos ser amigos com sexo incluido. O problema é que chegamos à conclusão que não tem sido assim tão bom. Acho que falta o romance e a espontaneidade mas como é que se insere isso quando somos apenas amigos e quando queremos o funana pelado combinamos para isso mesmo? É possível ter as duas?
Anónima, 22, Castelo Branco

Doutor G: Cara Anónima, uma amizade colorida com romance e espontaneidade chama-se "namoro". Deixo um fluxograma para ilustrar a situação:

É isto. Uma edição cheia de desenhos para que saiam daqui de barriga cheia e aguentem esta paragem do Doutor G. Será um mês? 3 meses? Sempre? Ninguém sabe. Um bem haja a todos e obrigado por seguirem.

Façam amor à bruta porque de guerras o mundo já está cheio.




PODES SEGUIR-ME NO INSTAGRAM

Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: