4 de janeiro de 2015

10 tipos de bêbedos e suas ressacas



Então essa passagem foi impecável? Ainda estão a sentir o fígado a latejar e com sabor a vodka fora do prazo na língua? Já fizeram o amor para colocar no Facebook uma selfie todos suados a dizer "Primeira queca do ano!"? Ou ainda não se lembram de nada? Se calhar é melhor assim. Depois de muita observação e trabalho à paisana, identifiquei 10 tipos de bêbedos e suas ressacas. Este texto era para sair dia 1, mas devido a essa investigação de campo não foi possível...

O Dux
O Dux é aquele bêbedo que acorda com amnésia selectiva. Acorda com memória de todos os detalhes menos daqueles que o envergonham. Fica com um ar admirado sempre que alguém diz que ele andou a correr todo nu na rua e a fazer chamadas anónimas à tia Gertrudes a dizer que a queria besuntar com Becel e povilhá-la de sementes de sésamo. Este tipo de bêbedo já sabe que é seu hábito fazer o que não deve e ao acordar, a primeira coisa que faz é ir ver as mensagens do telemóvel e do Facebook, a verificar que não entrou em auto-piloto e desatou a mandar mensagens para tudo o que eram espécimes do sexo oposto na sua lista.

O Tomás Taveira
O Taveira é aquele bêbedo de passagem de ano, que nem ele nem a namorada têm casa ou carro, então aproveita a situação de haver uma casa alugada para ir para o quarto mais cedo. Prefere passar as 12 badaladas a comer a Fatinha, do que a comer passas no convívio. No dia seguinte não tem ressaca, porque fez exercício físico para desintoxicar, mas diz que estava muito mal disposto e por isso é que foi dormir mais cedo. Anda com um sorrisinho maroto o resto do dia e sussurra ao ouvido do melhor amigo "Já pinei este ano e tu não..."

O contabilista
Este tipo de bêbedo é o que vai mantendo conta a tudo o que bebeu. Várias vezes durante a noite faz a contagem de stock e de tudo o que já foi consumido, pelo simples prazer de saber que já bebeu o suficiente para matar 50 perus. Quando acorda com ressaca, a primeira coisa que faz é enumerar o que ele bebeu "Então foram 5 Martinis, 1 garrafa de tinto, 4 Beirões, 12 Imperiais, 4 Gins, 3 Vodkas e 13 Shots! Ahhhh e bebi aquele copo de vinho branco, foi isso que deu cabo de tudo, vinho branco cai-me sempre mal".

O Coelho Duracel
Este tipo de bêbedo é profissional, conta com mais de 10 mil horas de emborcanço e era capaz de beber as bebidas todas sozinho se o desafiassem para isso. É aquele amigo que quando já são 8 da manhã e lhe dizem que está na hora de ir domir ele responde "Já? Ainda a noite é uma criança! Vamos comer um kebab, depois vamos ao after hours e depois de almoço vamos dar uma corridinha a Belém. Depois tenho é que passar em casa para trocar de roupa antes de irmos para a noite outra vez". A ressaca deste tipo de bêbedo varia entre a ausência dela, ou aquela de 5º grau que nos obriga a ficar de cama 20 horas até passar a dor de cabeça.

O Wolverine
O Wolverine tem a capacidade regenerativa de uma salamandra. Bebe até estar quase inconsciente mas consegue ir vomitar, bebe um redbul, descansa 10 minutos e está pronto para mais uma rodada de shots. Para o Wolverine a noite nunca está perdida, há sempre forma de a recuperar e renascer das cinzas, qual Fénix do alcoolismo. O Wolverine tem os sentidos apurados e sabe quando está a ficar mais bêbedo que o suposto. Muitas vezes ouvimos este tipo de bêbedos a dizer "Bem, estou a ficar mal disposto, se o corpo absorve o que ainda está no estômago, vou ficar desgraçado. É melhor vomitar já!". Neste rasgo de consciência mete os dedos na goela e deita cá para fora tudo. Levanta a cabeça da sanita de sorriso nos lábios, a afirmar que agora sim, está pronto para continuar. Escusado será dizer que o Wolverine não tem ressaca, apenas uma ligeira azia, dos fritos que comeu ao jantar.

O retardado
O retardado é aquela pessoa que é retardada tanto na bebedeira em si, como na ressaca. É aquela pessoa que nunca passa pelo estado bom da bebedeira, vai de sóbrio a inconsciente sem passar na casa da alegria. Tanto está a ter uma conversa coerente e a ligar bem as palavras, como está de joelhos em frente à sanita a grunhir línguas mortas de trás para a frente, tudo isto passados 15 minutos. É também retardado na ressaca, acorda todo pimpão a dizer que está impecável e que nem uma moínha na cabeça possui. Come uma taça de cereais, bebe um café e fuma um cigarro à campeão. Passados novamente 15 minutos, senta-se e diz que lhe está a bater a ressaca e que se calhar tem que ir vomitar outra vez.

O fotógrafo
Este tipo de bêbedo é aquele que passa a noite toda a tirar fotos. Deixa toda a gente com princípios de cataratas devido aos flashs e ele nunca aparece em nenhuma. Tem a particularidade de no dia seguinte, durante a ressaca, andar a relembrar toda a gente das figuras tristes que fizeram e a receber pedidos para que não coloque as fotos no Facebook. Quando alguém tem o dom de ser um Fotógrafo e Dux ao mesmo tempo é onde a magia acontece. Ou há fotografias de fazer corar o menino Jesus, e ele não cora com facilidade porque é um gajo que já viu de tudo, ou pura e simplesmente não há fotografias, porque ele tentou alterar a resolução da máquina e clicou em formatar, pensando que era o formato das imagens... Com a bebedeira não conseguiu discernir que era para formatar o cartão... Não foi senhor André?

O José Carlos Pereira
O Zeca é aquele amigo que chega tarde à festa. Chega quando os outros já vão no 4º gin e ele não quer ficar para trás. Agarra-se a uma garrafa de bebida branca e manda abaixo meio litro de penalti para apanhar o andamento. Sugere um brinde ou um shot a cada 30 segundos e está sempre a dizer gritos de guerra tais como "Hoje é para a desgraça!" Este tipo de bêbedo é aquele que dá tudo o que tem. Bebe até não poder mais e tem uma particularidade interessante que é a de ao acordar, começar a beber outra vez, com a desculpa que é a melhor forma de curar a ressaca.

O mezinhas
Este tipo de bêbedo é aquele que vai equipado para a passagem de ano com Benurons, Kompensans, Guronsans, Laranjas e ovos para estrelar. Toma um Omeprazol antes de começar a beber e antes de se deitar bebe 1 litro de água para hidratar. No dia seguinte vai para a cozinha fazer sumos, preparar batidos e estrelar ovos com manteiga. Tem 30 técnicas diferentes para curar a ressaca que tenta impingir a toda a gente, mas nenhuma delas parece funcionar. Sabe quais as marcas de vinho que dão ressaca e quais os whiskys a ser evitados. É o professor Bambo das bebedeiras, há coisa que funcionam, outras nem por isso, mas ao menos não nos pede dinheiro em troca.

O avô
Este tipo de bêbedo acorda sempre com a mesma frase e pensamento: "Já não tenho idade para estas coisas". As ressacas já lhe duram dois dias e sempre que começa a beber tenta ir com calma, mas algures a meio da noite já dá por ele a beber vinho da garrafa, abraçado ao Zeca e a dizer "Hoje é para a desgraça!". Quando corre mal diz que nunca mais vai voltar a beber, mas toda a gente sorri e acena com a cabeça a dizer "Pois... até à próxima".


Eu acho que agora com 30, já sou mais do tipo "avô". E vocês, quais são?


PS: Deixo aqui um texto que fala sobre a vez que fui um dos anjos da guarda de uma rapariga bêbeda à porta da discoteca Urban. É clicar aqui!





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: