29 de janeiro de 2015

Fui ameaçado de morte por um Charlie



Isto aconteceu na passada sexta-feira e estive estes dias a ponderar se publicava ou não esta conversa de Facebook, onde fui insultado, ameaçado de porrada e inclusivamente de morte, via espancamento na praça pública. Ponderei e decidi partilhar, principalmente porque dá para rir e é para isso que este blogue existe. Ao que parece um senhor, não adianta revelar o nome, não gostou de uma piada que era algo deste género: "Há muitas pessoas tristes por não poder ir ao concerto da Violetta, mas ninguém tão triste como o Carlos Cruz". Nem era muito forte, visto que nem faz piada com a pedofilia em si, mas com um gajo julgado e condenado por tais actos. Minutos depois de lançar a piada no Facebook, seguiu-se esta conversa que agora partilho convosco, para verem os riscos que eu corro por vossa causa, minhas coisas fofas.


E foi isto. Ao que parece o senhor bloqueou a página e as últimas não foram recebidas. É pena. Não confirmo nem desminto se fiz ou não bluff, a linha é ténue entre ser um indivíduo perigoso ou ser só parvo, isso agora cada um acredita no que quer.





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: