22 de setembro de 2015

Portugal tem arrumadores licenciados



Há pouco tempo, aquando das manifestações dos taxistas contra o UBER, pensei que mais cedo ou mais tarde haveria um protesto dos arrumadores de carros contra aqueles novos automóveis que estacionam sozinhos. Não disse nada porque não gosto de dar ideias parvas. No entanto, já estava a imaginar todos os arrumadores numa marcha lenta, porque correr com a ressaca é tramado, envergando cartazes com frases emblemáticas: «Destroce! Diga não ao estacionamento precoce!»; «Se estacionares automaticamente, vou-te riscar o carro tranquilamente!; ou até um «Se não queres dar moedinha, dá-me um cigarrinho para eu fazer a minha.».

Claro que depois pensei que seria uma manifestação parva já que os estacionamentos automáticos nunca serão concorrência aos arrumadores. Primeiro porque os homens, tal como não pedem indicações para não se sentirem menos machos, nunca vão usar esse sistema em público. Já as mulheres, vão continuar a não saber mexer nos comandos do carro para ele estacionar sozinho e por isso, vão continuar a precisar da ajuda de um arrumador, que chegue lá quando o carro já está desligado e as conforte com um «Tá bom!».

Quando vi este vídeo lembrei-me logo desse assunto. Carros que encolhem e ajudam ao estacionamento? É uma falta de respeito para com a nossa altíssima mão de obra qualificada em termos de auxiliares de parqueamento automóvel. 


Sim, porque com os Governos que temos tido, é muito provável que haja por aí arrumadores licenciados e, quiçá, mestrados. 


Bem estou aqui a engonhar e, se fiz um post a estas horas é por alguma razão especial. Será que foi porque a SMART me pagou milhões de euros para partilhar o vídeo deles? É possível. Preferia um carrito com o logo do blogue estampado no capô e com a frase «A vida c'um sócio escolheu» nas laterais. Se alguém do departamento de marketing lá do sítio me estiver a ouvir que pense nisso com carinho. Mas não, estou a escrever este texto porque este vídeo me fez lembrar ainda outra coisa, que aconteceu a semana passada: foi o dia em que a minha namorada conduziu pela primeira vez depois de ter tirado a carta. Não vou confirmar nem desmentir se lhe teria dado jeito que todos os carros encolhessem como no vídeo... não estou autorizado a isso. Não vou estar aqui a especular sobre o facto dela ser uma estacionadora exímia ou não, porque posso sofrer represálias. Por isso, preciso que se juntem a mim num apelo. Peço-vos que deixem nos comentários a seguinte frase:

"Namorada do Guilherme, por favor autoriza-o a escrever sobre esse dia em que ele achou que andar de avião até era seguro. Isto sem que fiques chateada e o prives de sexo durante um mês. Vá lá."

Conto com a vossa ajuda para a convencer a isso. Partilhem e comentem, que pode ser que ela mude de ideias. Algo me diz que vou sofrer as represálias mesmo sem o proveito da escrita. #dormirnosofa





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: