1 de junho de 2013

O Puto vs A Doutora


Já toda a gente viu este vídeo do "puto" Martim a fazer um knockout técnico à Dra "não sei das quantas" não já? Pronto então vamos ao que interessa.
A Dra tem razão no que disse mas não era ao Martim que o devia dizer, muito menos da forma como foi e interrompendo o discurso dele. Vê-se que é culta e informada mas que é sobretudo parva.

O rapaz foi interrompido, por uma Dra que o quis enxovalhar enquanto ele estava a falar do seu espírito de iniciativa. Na minha opinião ele respondeu como devia, não quer dizer que ele ache que os trabalhadores que ganham o ordenado mínimo têm que se conformar, quer apenas dizer que a Dra devia ter estado calada e guardar o comentário para outra altura e dirigido a outra pessoa.

Ele podia ter respondido "Então e andas vestida ó minha porca? De onde vem essa roupa que tens no corpo e o iphone que tens na mala? E a comida que tens no frigorífico? Desde o agricultor ao rapaz de reposição de stocks ninguém ganha muito mais que o ordenado mínimo. És uma hipócrita e cheiras mal!" Podia ter respondido isto, mas não respondeu infelizmente. Tinha sido muito mais giro.
Balelas, isto está tudo na merda e a culpa é de todos. E se é de todos então não é de ninguém, já dizia o José Mário Branco. Estamos todos metidos no esquema. Cada um faz por si, uns safam-se melhor que os outros e outros ainda conseguem ajudar alguém pelo caminho.
O Martim pelo menos não é mais uma ovelha que segue o caminho dos demais. E só isso é de louvar. Se fosse a traficar droga ou na prostituição era de louvar na mesma o espírito de iniciativa. Não quer dizer que aprovasse, mas era de louvar na mesma.






Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: