14 de fevereiro de 2014

S. Valentim é quando o Homem quiser


Para quem não sabe, dia 14 de Fevereiro festeja-se o Dia de São Valentim que foi decapitado precisamente neste dia no ano 270. Bem romântico não acham? Estamos a celebrar a decapitação de alguém comprando presentes que muitas vezes são feitos com trabalho infantil. Que ternura. Neste dia bonito quem tem namorado/a gasta dinheiro, quem não tem fica em casa a lamentar-se sem saber a sorte que tem. Ter alguém para partilhar este dia é bom, mas não é porque é neste dia, é porque são os os outros 364 dias do ano. Por isso quem está solteiro que aproveite a boa vida e gaste o dinheiro que ia gastar hoje em coisas mais giras do que ursos de peluche e caixas de chocolate. Gastem num SPA ou num table dance, que é quase a mesma coisa. 

O dia dos namorados é uma pirosice isso toda a gente sabe. Mas também é pirosa qualquer carta de amor, que só não é ridícula para o remetente e destinatário da mesma. Para todos os outros que lerem é pior que uma letra do Tony Carreira. "Depois de ti mais nada" já dizia o poeta. Mas o mais nada também incluí "não mais chatices" e o "poder fazer o que me apetecer", por isso nem tudo é mau. O pessoal dramatiza este dia, não sabem estar sozinhos. Quem não se sente bem sozinho é porque não está em boa companhia.

E aqueles grupos de raparigas encalhadas que decidem sair todas juntas neste dia só para mostrar que não têm problemas em ser solteiras, quando no fundo, ao darem importância a este dia estão a mostrar o contrário. Os homens também o fazem mas é porque sabem que vão encontrar gajas necessitadas e que pode ser que tenham sorte e sejam namorados delas por uma noite. Namorar por trás e à bruta. Os homens não sentem a mesma pressão por serem solteiros e não é culpa da sociedade que é machista, é culpa das mulheres que nunca se libertaram das promessas da Disney. Dizem que a pornografia distorce a noção de sexo aos homens mas acho que as novelas e contos de fada distorcem muito mais as expectativas das mulheres para as relações do mundo real. Mas isto é conversa para outro dia que hoje está de chuva.

Posso só acrescentar, já que estamos numa de namorados, que quem têm um Facebook conjunto do género "Kátia e Tó" é parvo. Principalmente o gajo porque se deixou levar na conversa da namorada. Sim porque isto é ideia de gaja. As pessoas continuam a ser uma, a ter uma personalidade, uma individualidade. Ou pelo menos deviam, digo eu. Mas eu não sou ninguém para julgar é um facto. Mas também é um facto que essas pessoas são atrasadas mentais. Será que têm uma casa de banho com 2 sanitas? Era mais coerente.

Para terminar, se querem dedicar uma música neste dia deixem-se de paneleirices de músicas "românticas" tipo "All of me" do John Legend que já sei que é nessa que estavam a pensar. Sejam honestos e dediquem esta do grande comediante e músico Tim Minchin. Que é a dedicatória de amor mais honesta e por isso a mais bonita que já ouvi. Mas certifiquem-se que a vossa namorada tem sentido de humor, porque nem sempre corre bem. Fica à vossa responsabilidade.

P.S - Nada de trombas automáticas que isto não é para ti, nós somos diferentes!





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: