25 de junho de 2015

10 tipos de pessoas que não sabem fazer sexo



Depois do sucesso do texto 10 tipos de pessoas que beijam mal, pareceu-me apropriado fazer um texto sobre os 10 tipos de pessoa que não sabem fazer sexo. Como é óbvio este texto não foi feito exclusivamente com trabalho de campo, já que eu sei escolher bem e tenho olho para a coisa. Vou por isso basear-me em testemunhos de amigos que não sabem fazer investimentos de risco e me foram contanto as suas peripécias ao longo dos anos. Vou também falar de homens, porque tenho uma amiga que conta demasiados detalhes sobre os treinos de jiu jitsu que faz toda nua. Peço desculpa desde já pelo mau gosto que se segue.

O OBIKWELU
À primeira vista poder-se-ia pensar que este tipo de pessoa faria um brilharete, dada a sua costela africana. No entanto, por maior que seja o seu Pistorius, este tipo de homem é aquele que atinge a meta cedo demais. Creio que seja o maior motivo de frustração sexual para o sexo feminino, embora se pensarem bem acabe por ser um elogio. Até nisto as mulheres têm vantagem já que quando se vêm logo é porque muitos mais estão para vir. Trocadilho bonito agora, não foi? O Obikwelu pensa que o sexo é um sprint e não uma corrida de fundo. Outro trocadilho? Estou fortíssimo. Normalmente este tipo ainda piora a sua situação, pois como mal começa já está com comichões na glande, acaba por cometer o erro de descurar os preliminares e não fazer alongamentos no fim.

O TIKI-TAKA
Mais uma vez, pelo nome seria de esperar que este tipo de pessoa soubesse dar os toques certos, acertasse na baliza com mestria e elevada nota artística. No entanto, este tipo de pessoa caracteriza-se por estar sempre a trocar a bola durante o sexo, tornando-se irritante e frustrante. Muitas vezes tem oportunidade para concretizar mas joga a bola para o guarda-redes. É um jogo que ao fim de um tempo aborrece. Está sempre a trocar de posição, querendo fazer todas as do kamasutra em apenas 10 minutos, não dando tempo para as aproveitar. Muda de ritmo de forma repentina, mas num mau sentido, já que não o sabe manter quando devia durante mais uns segundos. 

A BITAITES
A comunicação é muito importante mas há pessoas que abusam e estão constantemente a dar indicações. Uma coisa é dizer um "Isso, ai mesmo, continua" outra é corrigir a toda a hora o que o parceiro está a fazer. Tenho um amigo que uma vez se queixou disso numa namorada e que ele chegava a sentir-se mal porque parecia que não estava a fazer nada bem. Eu perguntei-lhe se ela estava sempre a dar bitaites como a mãe dele fazia quando andava com ele à pendura no carro. Ele riu-se e concordou que era exactamente isso! A partir desse dia a relação dele ficou condenada à separação, porque desde então, sempre que faziam sexo e a rapariga começava com as indicações, ele por reflexo começava a pensar na mãe a repreendê-lo por ir a 50 numa rotunda. Por um lado aguentava mais tempo diz ele, mas por outro começou a frequentar um psicólogo especialista em complexo de Édipo.

O FERNANDO ROCHA
Seja ou não para o bujão e mai nada, as asneiras são giras mas vamos lá ter calma, especialmente se é a primeira vez com que se está com a pessoa. Tenho uma amiga que ouviu isto de um gajo no primeiro acto que efectuaram, depois de terem saído umas três vezes. Sim porque eu dou-me com gente que não é logo tudo assim à grande à primeira. O rapaz vira-se para ela enquanto estava por cima a diz "Estás a gostar de sentir o meu caralho na tua cona ó puta do caralho, és uma puta não és? És que eu sei. Uma rameira de primreira que gosta de é picha na rata! Foda-se. Caralho. Foda-se." e entrou em ciclo infinito entre o "caralho" e "foda-se". Isto foi claramente uma tentativa de bater o recorde de maior número de asneiras num curto espaço de tempo. A minha amiga tem imensa classe e respondeu-lhe "Para eu ser puta tens que me pagar no fim". Não houve mais encontros depois disso. Esta é outra vantagem de ser mulher já que se fosse ao contrário, o homem teria gostado e despertado a veia de camionista que todos temos. Somos uns porcos.

O NOJINHOS
Eu não percebo como é que estas pessoas têm sexo, quando têm nojo da troca de fluídos. É um mal que ataca ambos os sexos e que apenas é compreensível quando nos cheira que outra pessoa descurou na higiene íntima ou que foi ao WC recentemente e não havia lá bidé para refrescar a zona das vergonhas. Fora essas situações, as pessoas que têm nojo durante o sexo são parvas. Tenho um amigo que uma vez a rapariga com quem ele estava a lutar todo nu disse as seguintes palavras que eu nunca mais me esqueci "Vem-te para este guardanapinho". Vem-te para este guardanapinho!!! Não estou a ver outra expressão que tire tanto o ânimo como esta. Por falar em nojos, uma coisa que acho nojenta é a chamada técnica ATM, Ass To Mouth, ou em português "Do rabo para a boca". Para quem ainda não percebeu, é o caso em que a mulher efectua o sexo oral logo em seguida ao sexo anal sem preservativo nem passar um dodot sequer. Sim, vê-se em filmes pornográficos e parece que está tudo limpo e polido mas aquela gente toma clisteres antes das cenas. É o único caso em que eu me armo em nojinho e não dou beijinho a seguir.

A DISTRAÍDA
Tenho amigos que se queixam de já terem privado com moças que a qualquer barulhinho se distraiam do que estavam a fazer. "Foi o teu telemóvel ou foi o meu?", "Olha, o vizinho de cima acabou de entrar em casa" ou um "Acho que ouvi qualquer coisa na sala, vou lá ver se deixei a TV acesa", são algumas das frases proferidas e que quebram o momento. Nunca deixar a televisão ligada com este tipo de pessoas, pois enquanto pensam que elas estão empenhadas no sexo, estão a anotar os números das televendas para ligar logo a seguir e ainda apanhar a promoção da baba de caracol. Também há homens que padecem deste problema embora seja mais raro. Os homens são monofuncionais e se é para a javardeira então, estão completamente focados. Pelo sim pelo não, não deixem a TV ligada no futebol, já que caso ele grite "Golo!!!" não irão perceber se foi do jogo ou se ele se armou em Obikwelu.

A CRISTINA FERREIRA
Sexo a alto e bom som é sempre bem vindo. Gritos, gemidos e palavrões e essas coisas todas dão pontos na arte do reboliço pelado. Mas não é preciso fazer uma chinfrineira que faz com que os vizinhos chamem a ASAE a pensar que se está a fazer uma matança do porco ilegal às 2 da manhã. Até porque quando é de mais soa a falso. Quando os pais estão a dormir no quarto ao lado, aí é só falta de respeito, a não ser que sejam os pais da rapariga. Se eles ouvirem o que se assemelha a um javali a grunhir depois de pisar pioneses e não se importarem, são sogros para manter para sempre. Com este tipo de pessoas é meter-lhes um par de meias na boca, lavadas de preferência, ou efectuar o 69 que quando bem feito não deixa espaço para grande gritaria.

A INSUFLÁVEL
Um dos casos mais graves nas mulheres. É um facto que para a maioria dos homens, 90% do que define uma mulher como boa na cama, é apenas estar presente, especialmente se os seus atributos físicos forem acima da média. No entanto isso apenas é suficiente para machos menos exigentes e uma mulher, por melhor que seja, não deve descurar no empenho e na técnica. Tenho amigos que afirmam que não fosse o quentinho que sentiam, julgavam estar a praticar o coito com um cadáver. O cadáver teria a vantagem de não ser preciso ir levá-lo a casa e seria ainda um bónus para quem tem terreno para cultivar.

O PEDINTE
Este tipo de homem é um daqueles que está mais preocupado com o seu prazer do que da mulher e quer que ela faça coisas com as quais não se sente confortável nem gosta. Aposto que já muitas mulheres ouviram as seguintes frases "Vá lá, só um beijinho na pontinha", "Vá lá, se estiver a doer eu tiro" ou um "Vá lá, vais ver que não sabe mal". Pedir não custa e o não é garantido, é um facto, mas estar a pedinchar quando já se viu que a outra pessoa não está para aí virada, é de quebrar a vontade a qualquer uma. Em vez de pedirem, têm que utilizar psicologia invertida e dizer coisas como "Isto está a demorar muito, com a minha ex eu vinha-me mais rápido" ou "Sabes a Carla? A nova namorada toda gira do João? O João diz que ela faz tudo..." ou ainda "Olha diz que se descobriu que o sémen emagrece, ainda bem que tu não engoles, porque para mim estás bem assim com um quilinho a mais".

A CHORONA
Mulheres que choram no sexo. Um clássico. Há três tipos de choronas sexuais:
  1. A que chora depois - foi muito intenso e aquilo baralhou-lhe as hormonas.
  2. A que chora durante - lembrou-se do namorado.
  3. A que chora antes - é melhor cancelar o chavascal porque é capaz de ser violação.

Não vou referir os casos mais óbvios como micropénis, vegetação amazónica e mau hálito. Falta num entanto referir um tipo de pessoas que não sabe fazer sexo que são as crianças. As crianças são péssimas na cama e é uma das razões pelas quais ser pedófilo é uma parvoíce. #bojardadodia

Já agora, quais é que já vos calharam? Conhecem mais tipos? Não se esqueçam de identificar nos comentários os vossos e vossas ex, só para lançar o caos.





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: