28 de janeiro de 2014

As melhores formas de emagrecer



Pois é, acho que ainda não ofendi pessoas suficientes neste blogue. Como tal, venho falar de um assunto sensível: Quem já ouviu "Pois ele deixou-se engordar, deve ser um problema hormonal", ou "O meu problema é que tenho o metabolismo muito lento"? Eu já ouvi este tipo de desabafos, e normalmente enquanto barravam um donut com manteiga de pepitas de chocolate e bebiam uma coca-cola light de penalti depois de um almoço de rodízio brasileiro.

Há pessoas que quando se queimam na mão em óleo e a pele fica tostada vão lá roer os dedos só porque lhes cheira a churrasco. E essas pessoas são normalmente gordas e o único problema que têm é comer mal e demais, e não fazerem desporto a não ser quando percorrem o corredor dos chocolates do Continente. As hormonas delas estão óptimas e o metabolismo até pode estar mais lento, consequência de não mexerem o rabo para nada. 

Estas pessoas são fáceis de detectar. Vê-se logo quem são no facto quando vão ao ginásio (que fica no primeiro andar de um qualquer estabelecimento, por exemplo), em vez de irem de escadas, apanham o elevador para subir 1 piso. Andam a treinar "duro" mas não são capazes de começar o aquecimento 1 minuto antes ao subir as escadas. Quem faz isto e se queixa de não emagrecer, claramente não está a treinar afincadamente.

Emagrecer é apenas e só, comer menos calorias do que as que se gastam. Não me venham com tretas. Salvo raríssimas excepções, que concedo que possam existir, que são realmente problemas incontroláveis, todos os outros gordos são uns alarves e que não querem tirar o cu do sofá! Eu por mim tudo bem, não tenho nada a ver com isso, mas não me venham com tretas e dizer que as dietas e o exercício que fizeram não funcionam. Se comerem menos, mais saudável e fizerem exercício vão ver que emagrecem. Meto dinheiro nessa aposta.

Se eu lançasse um livro de dietas seria barato e só teria uma página. Chamar-se-ia "Comece a emagrecer agora" e no único parágrafo de texto diria. "Para começar a emagrecer já, fecha essa boca de aspirador de gorduras e açucares, levanta o cu do sofá recostado onde estás a ler este livro, e vai andar. Vai dar a volta ao quarteirão ou o caralho, mas mexe essa peida até que essas pregas de gordura fiquem doridas de tanto abanarem.

"Ai porque as mulheres gordas também são bonitas". Hum... podem ser. Mas eram mais bonitas se fossem mais magras. De certeza! E não estou a falar de escanzeladas, modelos de passerelle, que uma corrente de ar lhes desloca a bacia. Estou a falar de um peso saudável, porque é isso que está em causa, é saúde, não é estética. Dizer que não se deve ligar ao peso, que as mulheres gordas são lindas é mentira e é perigoso. Engraçado que nunca ouvi daquelas campanhas a defender os modelos XXL em relação aos homens. Aparentemente só as mulheres gordas é que são bonitas, só as mulheres é que são afectadas pelo estereótipo irrealista de beleza que a sociedade nos apresenta. Parece que os homens não têm direito a isso. Homem de six pack é que é. Dizem que os gordos são mais simpáticos, que é como quem diz que são mais feios. "Era giro ele?", "Era simpático". Mas isto é conversa para outro post, que se não este fica maior e mais feio que uma gorda de leggins a arrepanhar a xixa que parece que estão ali as orelhas do dumbo a sair pela cintura.

A nossa condição genética faz com que sintamos atracção por pessoas com um ar saudável, que contenham bons genes para procriar. É assim que as coisas funcionam no nosso cérebro. Por isso é que gordura é considerada menos estética, é fundamentalmente por questões de saúde. Dizerem a alguém que tem 30 kg a mais que não precisa de emagrecer porque todas as mulheres são bonitas é parvoíce. Devíamos era incentivar a saúde, não era por paninhos quentes só para os gordos não se sentirem mal. Que se sintam mal e que esse mau estar os leve a um estilo de vida mais saudável. Mas não se metam em anorexias e bolimias que isso é ainda mais parvo.

Sei que há gordos e gordos, eu falo de gordos que a saúde começa a ficar em risco. Quem tem uns kilinhos a mais tem é que de deixar de preocupar com isso, que mais 5 menos 5 kilos não é por ai que vos vão achar mais ou menos atraentes. Só se ao perderem esses kilos ficarem mais confiantes e aí sim, o sexo oposto cheira-lhes a confiança, principalmente as mulheres. Estou a falar daqueles gordalhufas que chegam ao ponto de ter que utilizar um daqueles carrinhos eléctricos para passear e para mim isso é gozar com todos os paraplégicos.

Gordinhos/as a ler este post não fiquem ofendidos, não é a minha intenção. Mas prefiro tratar-vos assim do que de forma condescendente e estúpida como fez a Margarida Rebelo Pinto. Por isso vá, encarem isto como um incentivo a fazerem pela vossa saúde neste ano que agora começou. Saladinha sem molho hoje ao jantar, ok? Vá, bom apetite!





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: