9 de março de 2015

Doutor G: Especial dia da Mulher



Esse fim de semana foi gostoso? O meu foi fortíssimo. Hoje é dia de mais um capítulo do consultório "O Doutor G explica como se faz". Hoje é uma edição especial, dedicada às mulheres, onde o Doutor G vai responder a todas as dúvidas enviadas pelas leitoras. Para a semana responde às dos machos que também enviaram.

 
Não paro de pensar no meu ex namorado. Já terminamos há um ano e meio e ele já arranjou outra namorada, (que eu sei que namoram à distancia porque ela estuda noutra cidade) a questão é que quando ele terminou comigo disse que era muito novo e precisava de espaço. Ele é mais novo do que eu 3 anos. Disse-me também algo que eu relembro sempre, e que de certa forma me faz ter esperança que ele volte: " não podemos namorar agora, talvez quando tivermos 30 ou 40 anos nos possamos voltar a encontrar" Desde que terminei com ele já andei com 5 pessoas diferentes e nenhum me cativou. Até já fiz psicoterapia e não resultou em nada. Porque na verdade eu estou à espera que ele volte um dia. O que me aconselha Dr. G?
Adriana Leonor, 28 anos

Doutor G: Cara Adriana, uma vez também me disseram isso, foi uma rapariga na 2ª classe. Sabes quando é que namorei com ela? Nunca. Se ele te disse isso é porque não gosta de ti. O que ele quis dizer foi "Deixa-me andar agora a comer quem bem me apetecer, se por acaso eu não encontrar ninguém melhor que tu, eu conformo-me e volto para ti". Não queres ser a última opção de ninguém, pois não? O segredo para o esqueceres não é andares com outras pessoas à espera que elas te cativem, é antes teres tempo para ti, para a tua vida, os teus interesses e te sentires bem sozinha. O resto vem por acréscimo, quando estiveres bem contigo própria. Já diz o grande Gustavo Santos, que tu tens que ser a pessoa mais importante da tua vida. Estou a brincar, não ligues a nada do que o Gustavo diz. Agarra-o agora.


Caro Doutor G, conheci um rapaz numa discoteca. Beijámo-nos e trocámos o número mas agora ele não me diz nada. Será que já não está interessado em mim?
Rafaela, 22, Lisboa

Doutor G: Cara Rafaela, já várias vezes respondi a perguntas do género. Os homens não se fazem de difíceis. Os homens quando querem vão atrás. Sim, pode dar-se o caso de alguns darem algum tempo para não parecer desesperados, ou para ver se a mulher toma a iniciativa. Agora nunca 2 semanas. Ou ele morreu, ou já sóbrio viu fotos do teu facebook e decidiu esquecer a noite que te conheceu. Seja como for, parte para outro.


Doutor, o meu namorado não gosta que eu faça a depilação completa na zona genital, diz que assim pareço uma criança e ele se sente um pedófilo. No entanto eu sinto-me mais confiante depilada do que com um tufo a fazer lembrar a Manuela Ferreira Leite. O que me aconselha a fazer?
Luísa, 27, Cascais

Doutor G: Cara Luísa, o teu namorado é nojento. Pelos já não se usa, não estamos nos anos 80. Ou ele também gosta que faças permanente e uses fatos de treino flurescentes? Bem, mas há gostos para tudo. O que interessa é sentires-te bem, se não te afectar muito deixa crescer. Se te afectar assim tanto explica-lhe e se ele não compreender é porque não são compatíveis sexualmente. Parte para outro, que haverá mais gente a gostar de pipi careca do que da cascavel do laquê. 


Caro doutor, tenho um colega novo no trabalho pelo qual me sinto atraída. Não sei se ele também está, passamos o dia em provocações mas não sei se é tudo uma brincadeira ou se ele quer algo mais como eu. O que posso saber para ter a certeza, sem que fique depois um mau ambiente no trabalho?
Mónica, 28, Coimbra

Doutor G: O Doutor G não aconselha relações no local de trabalho. Só se for de comum acordo que é só para andar à porrada todos nus. Caso contrário depois vai ficar um ambiente estranho. De qualquer forma, basta tirares uma fotocópia do teu rabo e deixar-lhe na secretária, para ele perceber a mensagem, uma espécie teste de Rorschach porno.


Preciso da ajuda do Doutor G! O que se passa é o seguinte: estou grávida e não sei quem é o pai! Se é o meu marido de há 5 anos, se o meu amante de há 2 anos, ou se algum dos outros com quem fui para a cama no último mês. O que posso fazer?
Mariana, 31, Braga

Doutor G: Cara Mariana, a senhora é uma badalhoca de primeira, não é verdade? Com sorte bates o recorde que foi uma rapariga há uns anos que apareceu com 9 homens para fazerem o teste de paternidade. Se os homens forem todos da mesma raça, podes arriscar. Caso contrário, é uma espécie de roleta russa de sémen. É contigo, tivesses mais juízo.


Antes de mais gostaria de dizer que sou uma grande fã sua e do seu trabalho. Entrando no problema em concreto, nunca tive problemas ao nível sexual com o marido, mas ultimamente ele tem-me pedido para lhe meter um dedo no ânus. Acho que pode ser sexy, mas o problema é que ele tem um tufo enorme de pêlos naquela zona o que me deixa profundamente enojada. Já lhe pedi para pelo menos aparar, mas ele diz que a depilação é para maricas. Qual é a sua opinião?
Romana, 35, Rinchoa

Doutor G: Cara Romana, o teu marido é um palerma. Se ele quer que tu lhe faças coisas e depois não cede para as tornar mais fáceis e agradáveis para ti, é porque só está interessado no prazer dele. Sugiro que lhe faças a vontade, mas que em vez de um dedo, lhe introduzas um dildo rambo XXL de surpresa. Se não lubrificares, é possível que os pelos sejam todos arrancados durante o processo e juntas o útil ao agradável, para ti. Para ele é possível que não seja. Ou se calhar ele vai-te agradecer. É experimentar.


Caro doutor G, tenho bastantes apetites sexuais e gostaria de saber se sou normal. Masturbo-me quase diariamente, mas quando falo disso com as minhas amigas a maioria diz que nunca o faz, outras que só quando o rei faz anos. Terei alguma coisa errada comigo, ou elas é que não são sexualmente despertas?
Joana, 19, Massamá

Doutor G: Cara Joana, as tuas amigas são umas aldrabonas. Todas as mulheres tocam na campainha de satã. As que dizem que não, são mentirosas ou têm algum complexo sexual, religioso ou simplesmente não têm a líbido a funcionar como deve ser. Masturbar é normal, não causa cegueira nem faz crescer pelos nas mãos, senão o Ensaio sobre a Cegueira do Saramago era uma história real e giletes para as palmas das mãos eram o produto mais vendido do mundo. Por isso, continua que só faz é bem.


Caro Doutor G, fiz agora 16 anos e ainda sou virgem. Tenho um namorado há 3 meses, que é mais velho, que insiste para eu me entregar a ele, porque ele me ama muito. Eu gosto dela, mas não sei se me sinto preparada, no entanto todas as minhas amigas já perderam a virgindade aos 14. O que devo fazer?
Maria, 16, Porto

Doutor G: Cara Maria, as tuas amigas são umas porcas. Não vás pelo que elas dizem, nem pelas juras eternas de amor do teu namorado. Faz quando te sentires preparada. Se achas que não estás, é porque não estás mesmo. Se o teu namorado gostar realmente de ti vai compreender e esperar, não te vai pressionar. Isto durante uns meses claro, mais que isso não há amor que aguente. Só o amor por Jesus. Estou brincalhão hoje. Não posso aconselhar a descobrirem outras formas de prazer, visto que só tens 16 anos e o Doutor G não gosta de incentivar à prática de fazer amor com a boca a menores de idade.



Se gostam desta rubrica já sabem, partilhem com os vossos amigos e enviem as vossas dúvidas para porfalarnoutracoisa@gmail.com. Até à próxima segunda-feira e já sabem:


Até lá, façam muito amor à bruta, que de guerras o mundo já está cheio.





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: