8 de março de 2015

Feliz dia da Mulher e já agora cavalheirismo é machismo


"Para começar, gosto das mulheres. Acho que elas são mais fortes, mais sensíveis e que têm mais bom senso que os homens. Nem todas as mulheres do mundo são assim, mas digamos que é mais fácil encontrar qualidades humanas nelas do que no género masculino." - José Saramago

Antes de tudo, um feliz dia da Mulher! Há aquela discussão de que é um dia discriminatório, que não há dia do Homem e que só vem trazer mais uma desigualdade e que as mulheres não precisam deste dia para se sentirem bem. Mas deixemos as discussões parvas de lado, porque eu também não acredito em Deus e celebro o Natal, a Páscoa e não trabalho nas sextas-feiras santas. Já uma vez escrevi sobre o facto de o cavalheirismo ser machismo, aliás foi o primeiro texto que escrevi neste blogue. Hoje, em homenagem a todas as mulheres, decidi revisitar o tema, mas de uma forma diferente. Encontrei uma lista do que "Um homem moderno e cavalheiro deve sempre fazer" e achei que era parva e que merecia ser ajavardada. Vamos a isso então.

Mesmo que ela se ofereça para dividir, faça a questão de pagar a conta nos primeiros encontros

Não sou forreta mas acho descabido. Aliás, até o posso fazer mas porque sim e não porque fica bem. Se uma mulher repara que não pagaste o jantar provavelmente não merece um segundo encontro. Esta tradição existe por duas razões: A primeira porque a mulher não era economicamente independente e então ficava bem o homem pagar, agora com a igualdade isso já não faz sentido, seria continuar a discriminar. A segunda razão nasceu pelo facto de o homem pensar que aumenta as suas possibilidades de praticar o coito pagando o jantar à donzela. Esperemos que isso não seja verdade. 

Abra sempre a porta do carro, dê passagem e puxe a cadeira para ela se sentar

Abrir a porta para uma mulher passar primeiro. Fica bem? Sim, mas quando é voluntário, porque quando me tentam passar a frente faço questão de passar eu primeiro e não segurar a porta. A não ser que a mulher em questão justifique deixá-la passar para poder observar melhor outros ângulos. De certeza que foi para observar glúteos que essa moda surgiu. 

Não a deixe do lado da rua enquanto andam juntos no passeio. Em escadas, desça primeiro e suba sempre atrás dela

Sim, se vier um carro desgovernado é para nos acertar a nos no lombo, nunca na donzela, Deus nos livre. Nas escadas concordo na parte de subir, convém sempre irmos atrás para lhe vermos o rabo, se estiver de saia e as escadas forem íngremes, melhor ainda.

Nunca a deixe à espera num encontro. Se ocorrer algum imprevisto, avise-a com antecedência.

Nem a ela nem a ninguém. Acho que é daquelas regras do bom senso e da boa educação. Acho que podemos é concordar que ao contrário também se devia aplicar e que, a maioria dos atrasos é das mulheres. Aquela coisa do chegar atrasado até tem algum charme é uma treta, ok?

Tenha sempre tem um guarda-chuva para partilhar.

O quê? Agora o homem tem que andar sempre com um guarda-chuva algures enfiado a contar que a mulher não sabe ser prevenida? Mulher prevenida também devia valer por duas. Isto é o mesmo que a "obrigação" de ceder o casaco quando estão -4ºC ao Sol porque a mulher achou que não devia levar casaco pois não tinha nenhum que ficasse bem com aquelas botas. Temos pena. Estão-se sempre a gabar que as mulheres têm mais capacidade de sofrimento que os homens e mais resistência à dor, então ai está uma boa maneira de provar tais afirmações. Até porque depois ficamos constipados e com febre e como nós somos mais mariquinhas vamos queixar-nos muito mais que elas. Por isso não há que arriscar. Se eu tiver calor e ela frio cedo cavalheirosamente o meu casaco, mas se depois começar a sentir um fresquinho, peço-o de volta.

Não se empolgue para exibir um produto que acabou de comprar, mesmo que seja caro.

Concordo com esta, embora exibir um produto caro normalmente até tenha um bom efeito no sexo oposto. Exibam o Porsche acabado de comprar a ver se ela fica mal impressionada. Em muitos casos funciona como um suborno ao porteiro das partes baixas dela.

Ceda o seu lugar em qualquer situação

Se eu não estiver cansado e a mulher em questão vier carregada de sacos e com um ar de quem vai ter um AVC cedo o meu lugar sem problemas. Mas também o faria se fosse homem. Agora privar-me do meu descanso só porque antigamente se fazia devido à ideia de que as mulheres eram seres mais fracos não me agrada. Não gosto de discriminar. Quem tem energia para andar 10 horas num centro comercial, correr 30 lojas com 10 sacos na mão de saltos altos tem certamente energia para aguentar uns minutos em pé.
Isto aplica-se também em casos de acidente, já que a velha máxima de "Mulheres e crianças primeiro" é escandalosa. Crianças ainda vá que não vá nem que seja para não as termos que aturar aos berros na fila de espera, agora mulheres e homens em pé de igualdade se faz favor. É eu apanhar-me num naufrágio a ver se cedo o meu lugar na fila dos botes salva vida. Até passo a frente se for preciso!

Saiba como fazer uma sandes de queijo grelhado às 2h da manhã e uma omelete às 7h.

Acho que qualquer homem deve saber fazer isto, mas é para não passar fome. Se isto estivesse num manual de boas maneiras para mulheres já vinham aí as feminazi dizer que os homens deviam falecer com uma sandes entalada no gasganete enquanto eram sodomizados pela Dina com um strap-on. 

Tenha cuidado com o que escreve. Leia novamente e reescreva para ter certeza que o destinatário vai entender o que está a dizer e no tom em que você quis dizer.

Concordo. Nunca se pode deixar algo que escrevemos aberto a segundas interpretações por parte de uma mulher. Cuidado com a pontuação, metáforas e esse género de coisas. Lembrem-se que isto é como um jogo de xadrez e têm que prever pelo menos 10 jogadas à frente para terem alguma hipótese. Mas mentalizem-se que vão perder. As mulheres conseguem sempre distorcer e agarrar em alguma coisa para nos entalar. São ninjas.  


Ofereça-se sempre para preparar o pequeno-almoço (principalmente nas primeiras vezes). 

Nada contra, mas dizer que é principalmente nas primeiras vezes é mesmo a dizer "faz tudo para lhe conseguires continuar a saltar para cima, quando já estiver garantida, já podes voltar a ser o inútil outra vez".  

Aproveite a oportunidade para se transformar por ela.

Sim, porque mudar por outra pessoa é o melhor conselho que se pode dar. Bem sabemos que as mulheres acham que os homens são peças de barro que têm que ser moldadas ao gosto delas. Os homens não mudam, são normalmente umas bestas e não são vocês que os vão mudar. Agradeçam por isso, porque se ele mudar e ficar ao vosso gosto, vocês vão dizer que ele está sempre disponível e é um xoninhas e em seguida saltam para cima de um badboy.



Concluindo, sou um romântico mas igualitário e tal como Saramago, também gosto mais de mulheres que de homens, em vários sentidos. Acho que as mulheres têm um M grande demais para não precisarem que as tratemos com estas Merdices para as fazer sentir melhor. Feliz dia da Mulher!





Gostaste? Odiaste? Deixa o teu comentário: